Farmácias de manipulação são denunciadas por venda álcool em gel a preço abusivo em Belém

Um auto de constatação foi lavrado para que empresa comprovasse custos na fabricação do produto.

Farmácias de manipulação são vistoriadas após denúncias de venda álcool em gel a preço abusivo em Belém Reprodução / Procon Pará Farmácias de manipulação foram alvo de fiscalização do Procon Pará nesta quinta-feira (25).

A ação ocorreu após denúncias de que os estabelecimentos estavam vendendo álcool em gel a preço abusivo. A fiscalização ocorreu em parceria com equipes da Polícia Civil, que fizeram vistorias nas localizadas nos bairros do Umarizal, Cremação e Marco, em Belém. Um auto de constatação foi lavrado para uma empresa em que o proprietário terá que apresentar, em 24 horas, todos os documentos fiscais que comprovem os custos da produção e insumos para a fabricação do álcool em gel. Segundo a coordenadora de fiscalização, Ágatha Barra, "muitas denúncias chegam, diariamente, na diretoria de proteção e defesa do consumidor e que um extenso cronograma está sendo montado para que sejam verificadas todas elas, nos mais diferentes bairros e municípios". Para reclamações sobre estabelecimentos que vendem produtos de higiene pessoal (álcool em gel e máscaras de proteção) a preços abusivos, o Procon recebe mensagens pelo número (91) 9 9230-0151.

Categoria:Pará