Músico de Bauru reúne amigos de reality para collab em homenagem ao Dia Mundial do Rock; veja o clipe

Gabriel Blackalpha adotou o formato de colaboração remota por conta da pandemia.

Ele chamou três participantes do 'Superstar', da Rede Globo, em 2014, e divide os vocais com Bruno Boncini, ex-Malta, vencedor da temporada.

Bruno Boncini, ex-Malta; Gabriel Blackalpha e Arley Cardoso, ex-Move Over; e Felipe Luna, baterista da banda Luan e o Forró Estilizado Reprodução/Youtube O músico bauruense Gabriel Blackalpha aproveitou as amizades que fez na temporada 2014 do reality show "Superstar", da Rede Globo, para organizar e promover uma collab em homenagem ao Dia Mundial do Rock, festejado nesta segunda-feira (13). A opção pela collab, formato colaborativo em que cada participante grava separadamente sua performance em casa e uma edição "monta" a apresentação, foi a escolhida por conta do isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus.

Por isso, as comemorações da data estão marcadas por eventos online nas redes sociais. Acompanhe ao VIVO as últimas notícias sobre o coronavírus na região Na partitura que foi enviada a cada participante da collab, Gabriel Blackalpha mandou a melodiosa, mas pesada "Hero", de Chad Kroeger, vocalista do Nickelback, e que integrou a trilha sonora de "Homem-Aranha", de 2002 (assista abaixo). Músico bauruense reúne amigos de reality para collab em homenagem ao Dia Mundial do Rock Para reverenciar a data maior dedicada ao rock'n'roll, o guitarrista e vocalista Gabriel chamou o baixista Arley Cardoso, seu ex-parceiro de Move Over, a banda de Bauru no "Superstar"; o baterista Felipe Luna, da finalista Luan e o Forró Estilizado; e, como a "cereja do bolo", o vocalista Bruno Boncini, ex-Malta, a banda campeã daquela temporada. "É uma experiência bem bacana em termos de produção nestes tempos difíceis, desde o envio da música original em um formato igual para todos, daí cada um 'tira' a música, identifica os acordes, grava a sua parte e me manda de volta o vídeo e o áudio.

Aqui em casa, eu junto tudo no computador e monto o cover final", explica o músico. Agora em carreira, Gabriel Blackalpha segue vivendo da música: aulas de guitarra e canto, jingles e trilhas para games Divulgação A previsão de lançamento oficial da collab com o cover de "Hero" estava programada para as 9h desta segunda-feira, mas, por conta de uma viagem de Boncini para Portugal, o vídeo acabou sendo liberado na tarde de domingo (12). "Quando o material de todos chegou e vi o Bruno [Boncini] soltando aquele vozeirão rock'n'roll, falei para a minha esposa que tinha entrado em uma roubada e que montei uma arapuca para mim mesmo ao cantar ao lado dele.

Mas o que vale é a amizade que o rock nos proporciona", diverte-se o bauruense. Aos 35 anos, Gabriel Blackalpha não integra mais a banda com a qual participou do "Superstar", mas segue vivendo da música.

Ele dá aulas de guitarra e de canto e mantém canal em uma plataforma de vídeos no qual grava e divulga covers, além fazer jingles e trilha sonora para games. O palco, por enquanto, ficou na saudade e nas lembranças por conta da pandemia de coronavírus.

Além da quarentena que fechou bares e casas de espetáculo, Gabriel explica que tem mantido cuidados redobrados no isolamento, pois sofre de asma. Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Categoria:SP - Bauru e Marília